Divulgue esse artigo

Quando falamos em Escritórios Virtuais, muitos pensam na palavra “nuvem”, logo, que não existe uma estrutura física. Pelo contrário, a estrutura é mandatória e muito importante para que os serviços de infraestrutura de serviços de escritório sejam fornecidos ao cliente.

O escritório virtual, também chamado de escritório inteligente, centro de negócios, escritório terceirizado e até escritório de conveniência, é um conceito de infraestrutura compartilhada que oferece ao profissional uma nova forma de atuação, adequada à necessidade de novas relações, de redirecionamento do trabalho e do uso das novas modalidades de desempenho profissional do mundo globalizado como o Home Office, o coworking e as salas físicas dentro de sedes especificas de escritórios virtuais.

Para ficar mais claro para você, escolhemos alguns serviços/modalidades que os Escritórios Virtuais oferecem e as principais profissões que fazem o uso de cada um destes serviços.

Clientes virtuais – Escritórios virtuais

Negócios ou empresas que não necessitam de estrutura física tradicional para trabalhar e que, eventualmente, utilizam um espaço profissional para receber seus clientes. Estes profissionais usufruem de todos os serviços de endereço comercial, gerenciamento de correspondência, atendimento telefônico personalizado, etc.

É ideal para pessoas e empresas que trabalham em home office, profissionais liberais e prestadores de serviços.

Empresas de importação, exportação e todas as empresas que necessitam de inscrição estadual (IE), não podem ser clientes virtuais por razões legais. Saiba mais sobre endereços Fiscais.

Coworking

São estações de trabalho. Originalmente, as empresas de Escritório Virtual ofereciam, em suas bases físicas, espaços para coworking, visto que toda estrutura já estava montada para atender aos planos virtuais. Atualmente, a visão de aproveitamento somente de espaços ociosos, passou a ser a própria atividade e hoje, muitas unidades de Escritórios Virtuais são exclusivamente de Coworking! Essa modalidade oferece muito networking entre as empresas sediadas no local, além de redefinir a forma de trabalho e de vida de muitos empreendedores: o ambiente é inspirador, amigável, criativo, flexível e colaborativo. É uma tendência que veio para ficar, em que o foco não está apenas na lucratividade deste modelo de negócio, mas também na inovação da prestação de serviços, geração de negócios entre os Coworkers, na cocriação e na contribuição para a sociedade. Para saber mais sobre o Coworking clique aqui.

É um ótimo custo-benefício para profissionais autônomos, Startups, e para aqueles que querem desenvolver seus projetos sem o isolamento do home office ou sem as distrações de espaços públicos.

Clientes de salas comerciais

São salas privativas dentro de um grande escritório compartilhado, na qual o usuário fica com a chave de sua sala, usufruindo-a exatamente como se fosse uma sala convencional. A metragem, o layout da sala e o mobiliário dependem da necessidade do cliente, como o número de pessoas, por exemplo.

É ideal para empreendedores que precisam de uma estrutura física pronta, mas não podem ou não querem comprometer um capital de giro para arcar com despesas de uma sede própria.

A sala comercial é amplamente flexível no que se refere ao tamanho da empresa e é ideal para empresas que fazem downsizing e saem de uma sede própria, com espaço grande, para apenas uma sala/sede da empresa, enviando os colaboradores para o Home Office; empresas que estão crescendo, portanto, saem da modalidade virtual para a modalidade física; empresas multinacionais que abrem uma filial no Brasil e empresas que necessitam emitir inscrição estadual (IE) e nota fiscal de venda de produtos que, por lei, necessitam de espaço físico, sendo essa modalidade também indicada.

Clientes de sala de reunião.

Estar mais perto do cliente pode ser um grande diferencial na hora de fechar negócios e clientes My Place Office podem utilizar as salas de reunião em todas as unidades, com desconto. Link para salas de reunião – unidades

Há também, casos em que o cliente só necessita de salas de reunião esporádicas, mas que não tem nenhum vínculo contratual com a empresa de escritórios virtual. Ele não conta com todas as vantagens dos serviços oferecidos, mas, ainda assim, possui uma infraestrutura para atender aos clientes.  Confira nossas salas de reunião.

Entendeu a grande sacada deste modelo de negócio? Os custos das salas físicas são compartilhados com profissionais de outras salas da unidade. Já os escritórios virtuais (planos virtuais) representam não apenas um caminho viável para o empreendedorismo, mas uma forma dos empresários concretizarem um novo estilo de vida sem base física, uma via de negócios conectada ao dinamismo da atualidade, sustentável financeira e ecológica. Por este motivo é tão comum que os escritórios virtuais também sejam conhecidos como escritórios inteligentes!

E você? Qual a modalidade que se encaixa melhor no seu perfil empreendedor?

Espero que você tenha gostado do nosso conteúdo.
Tem alguma dúvida? Escreva pra nós: sac@myplaceoffice.com.br

Viviani Corrêa Cabral,
COO My Place Office


Divulgue esse artigo