Os espaços de coworking no Rio de Janeiro têm se tornado cada vez mais comuns, inclusive em regiões fora do centro da cidade. Se antes os bairros de Ipanema, Leblon, Santa Tereza, Barra da Tijuca, entre outros, chamavam a atenção pelas praias e atrações turísticas, hoje os locais contam com diversos escritórios compartilhados.

Essa movimentação é fruto do aumento no número de empresas criadas nos últimos anos. De acordo com o Sebrae, são mais de 11,1 milhões de novas empresas nos últimos três anos no Brasil.

A ida para bairros mais distantes do centro e a busca por espaços compartilhados demonstram uma nova mentalidade dos empreendedores, que precisam de maior facilidade no dia a dia e, claro, garantir menores custos para alavancar os negócios.

LEIA MAIS: O que é um coworking?

 

Por que apostar em um coworking no Rio de Janeiro?

Muito além do Cristo Redentor e do Pão de Açúcar, o Rio de Janeiro é uma das maiores cidades brasileiras no que se refere à economia. Lar de grandes empresas e berço do turismo nacional, a Cidade Maravilhosa movimenta grande parte do PIB (Produto Interno Bruto).

Por isso, muitos empreendedores e pequenos empresários escolhem a cidade na hora de abrir um negócio. Porém, locar um imóvel, investir em infraestrutura e mobiliário são custos que podem inviabilizar o início de uma empresa.

Diante desse cenário, os espaços de coworking no Rio de Janeiro são opções excelentes, especialmente pelo baixo investimento e ótimo custo-benefício.

Isso porque os coworkings, também conhecidos como escritórios compartilhados, permitem que os profissionais ocupem uma estação de trabalho com completa estrutura por uma taxa mensal fixa.

Assim, o investimento em coworking, além de ser bem mais barato que o aluguel de um imóvel, inclui limpeza, luz, internet, IPTU, condomínio, água, café, entre outros itens.

O custo do coworking é reduzido pois todas as despesas são divididas pelos usuários do espaço.

Com menos investimento inicial, o empresário pode direcionar esforços, tempo e dinheiro para outras áreas da empresa.

Além disso, por ser um espaço compartilhado, o coworking é uma excelente porta de entrada para novos negócios. Isso porque, no dia a dia, os empresários têm contato com outros profissionais dos mais diversos segmentos, o que permite criar parcerias e, principalmente, networking.

Sem dúvidas, o coworking no Rio de Janeiro é uma ótima alternativa para quem está começando um negócio ou deseja simplesmente sair do home office.

 

Onde encontrar um coworking no Rio de Janeiro

coworking rio de janeiro

A cidade do Rio de Janeiro concentra o segundo maior pólo industrial do Brasil. Muitos dos negócios locais giram em torno das refinarias de petróleo, indústrias naval, metalúrgicas, petroquímicas e têxteis, entre outras, além de ser forte também no setor de serviços, com destaque para o turismo.

Por isso, se você está em busca de um coworking no Rio de Janeiro com bom custo-benefício, a My Place Office é uma ótima opção!

A unidade da My Place Office fica perto do Aeroporto Santos Dumont e da estação de metrô Cinelândia, próximo à Justiça Federal do Rio de Janeiro.

Aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana, com total segurança em um edifício com controle de acesso, o coworking disponibiliza estações de trabalho individuais ou salas privativas para pequenas equipes. Tudo sem cobrança de taxas de adesão ou fiador.

sala de reunião rio de janeiro

Outro benefício para os clientes é a locação por hora de salas de reunião com capacidade para até 9 pessoas, para que você possa receber seus clientes com comodidade e estrutura.

Além do coworking no Rio de Janeiro, a My Place Office possui outras 15 unidades espalhadas em quatro estados do Brasil, totalizando 3 mil clientes.

Quer saber mais? Acompanhe nosso blog e fique atento às novidades dos coworkings pelo Brasil e pelo mundo.