Na hora de empreender, muitas vezes, a melhor forma de viabilizar um negócio é montar um escritório em casa. No entanto, a falta de privacidade e as distrações corriqueiras podem atrapalhar o desempenho.

Sabemos que começar uma empresa exige muito planejamento e investimento. Por isso, muita gente acaba reorganizando a casa para transformar um dos cômodos em escritório.

De acordo com o Relatório do Trabalho Independente e Empreendedorismo no Brasil, realizado pela Workana, plataforma latino-americana que reúne profissionais que desenvolvem trabalhos remotos e independentes, 78,5% dos 5.151 entrevistados responderam que trabalham em casa.

Abrir um escritório em casa pode ser o primeiro passo para concretizar um negócio, porém há vantagens e desvantagens que envolvem a iniciativa.

Veja na imagem abaixo:

vantagens e desvantagens escritório em casa
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn

Dependendo do segmento do negócio, ter um escritório em casa pode ser um tanto complicado. Por exemplo, profissionais autônomos, como psicólogos, advogados e arquitetos, não conseguem receber clientes na própria casa para reuniões.

Outra desvantagem são as interrupções por familiares ou telefone residencial tocando a todo momento, o que atrapalha a concentração e prejudica o desenvolvimento das atividades.

Pensando numa opção aos escritórios residenciais, empreendedores, profissionais autônomos e microempresários podem contratar o serviço de ESCRITÓRIO COMPARTILHADO, também conhecido como COWORKING.

No escritório compartilhado, as empresas pagam uma taxa fixa para utilização do espaço junto com outros profissionais. Assim, podem usufruir da estrutura do local, como internet, café, mobiliários, limpeza etc sem pagar nada a mais por isso.

vantagens escritório compartilhado
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn

Os escritórios compartilhados oferecem uma série de benefícios para quem deseja começar uma empresa de maneira formal. Além dos pontos positivos já citados, o seu escritório estará localizado em um importante espaço comercial, aumentando a credibilidade e a segurança do seu negócio perante o cliente.

E se dentro de um escritório você contratar os serviços de um escritório virtual, terá a à disposição outros serviços, como número de telefone exclusivo, atendimento telefônico personalizado e gestão de correspondências.

E, por falar em escritórios compartilhados, você já conhece a MY PLACE OFFICE? Ela está entre os cinco maiores espaços de escritórios compartilhados do Brasil.

Ao todo são 16 unidades espalhadas por quatro estados brasileiros – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Espírito Santo –, somando mais de 3 mil clientes.

Além dos serviços de escritório virtual, a empresa também oferece espaço de coworking, salas privativas e salas reunião bem equipadas.

Gostou do nosso artigo? Então acompanhe o nosso blog para ficar atualizado sobre o universo dos escritórios compartilhados.